A Assombração na Casa da Colina e outras histórias

Marcelo e Sybylla retornam após um mês de leituras para discutir as histórias de terror que pegaram em promoções de Dia/Semana/Mês das Bruxas. Entre elas, The Haunting of Hill House de Shirley Jackson e a coletânea Lovecraft’s Monsters editada por Ellen Datlow.

Discutido neste episódio

[03:15] O que a Sybylla leu mês passado (em geral). [03:45] Octavia E. Butler. [06:36] Medo Clássico de H. P. Lovecraft brilha no escuro. [10:25] Tiger Lily e Uma Coisa Absolutamente Fantástica. [13:27] Dance of Thieves e Fogo e Sangue. [17:00] Stephen King versus Joe Hill. [19:48] The Haunting of Hill House (sem spoilers). [29:00] The Haunting of Hill House (com spoilers). [37:45] Weird fiction. [40:30] Lovecraft’s Monsters. [50:05] Coletâneas. [52:48] Encerramento
Links:
  • Lista de contos de Lovecraft’s Monsters e entrevista com a editora [link]
  • Instagram da Sybylla [link]

Arte: “Haunted house background 4” por Karen Besant (indigodeep no DeviantArt)

Enquanto ficção científica é a senda do Holodeck, o podcast Espada e Planeta cobre os outros baluartes da ficção especulativa: fantasia e horror. Todo mês um ou mais livros sugeridos para você devorar… ou passar longe!

Marcelo: Professor de história desamparado, feminista raivoso, youtuber desastrado, montador de maquetes de Jornada nas Estrelas aposentado e Herói de Papel. Encontre-o no Goodreads.

Sybylla: Escritora, fã do futuro e viajante da ficção científica, Capitã da Frota Estelar, autora de Deixe as Estrelas Falarem. Mestra e senhora do Momentum Saga. Encontre-a no Skoob.

Ouça também

StarCraft

Como StarCraft, de 1998, virou o fenômeno que virou e sobreviveu ao teste do tempo, finalmente ganhando uma continuação em 2010 e uma versão remasterizada ano passado.

As mulheres invisíveis da FC

Nos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher, Marcelo, Luciana, Dbohr e Sybylla discutem uma forma de violência que nem sempre é óbvia: o apagamento das mulheres da ficção científica. Um campo inventado por uma mulher, hoje não é fácil lê-las a não ser que você se esforce muito. Não apenas mulheres precisam se esconder atrás de abreviações ou de nomes masculinos para conseguirem ser publicadas, elas são desestimuladas desde criança para não escreverem — ou fazerem qualquer coisa que não seja cozinhar e ter filhos. Está na hora de puxarmos a cortina e revelarmos as mulheres invisíveis da Ficção Científica. #ativismonaweb

Arte: capa do livro “Battletech: A Time Of War” por Neil Roberts.

Caixa de comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.