Navigation Menu+

Edição 234

Posted on Sep 1, 2017 in Por trás da Máscara

Ilustrações: Menton J. Matthews III (destaque) e Marcelo Ferrari (topo)

Terá o Por trás da Máscara voltado ao hábito de gravar episódios de três horas?!

Co-apresentadores: Marcelo Ferrari com o designer gráfico e redator Diego Bachini Lima, o escritor e editor Marcelo Grisa e a blogueira pinup e bailarina Amyh Swan.


Apóie o podcast e acesse conteúdo exclusivo! Patreon Padrim

Se quiser escrever pra gente, só apontar eu teclado para ptdm@terceiraterra.com. Também temos fanpages no Facebook, no Google+ e também comunidade dos Leitores do PtdM no Google+, no Facebook e no Telegram!

Se for comprar alguns dos produtos citados neste show, considere usar os links abaixo. Ganhamos comissão pelas vendas:


Buy This Book from Book Depository, Free Delivery World Wide

com frete grátis no
Buy This Book from Book Depository, Free Delivery World Wide

Gravado em 30 de Agosto de 12.017 H.E.

5 Comments

  1. “Terá o Por trás da Máscara voltado ao hábito de gravar episódios de três horas?!”
    Por favor, não.

    • Ah, teremos surpresas para você e todos os ouvintes no próximo episódio! (Spoilers: dividiremos o show em dois episódios semanais para não soltar mais um episódião de três horas.)

  2. Na minha singela opinião, esse é o único podcast que supre minhas necessidades sobre quadrinhos, sou cliente assíduo. Por tal fato resolvi deixar meu ponto de vista sobre a discussão DC x Marvel, me encaixo no grupo que não andava gostando dessas provocações, ouço o PTdM à um bom tempo mas não tinha atinado que poderiam ser “personagens”, exemplo nesse episódio quando o Diego Bachini Lima falou sobre o livro Jogador Nº 1 e comentou que o nome do protagonista é uma aliteração assim como da Marvel, eu pensei logo “Como assim só Na minha singela opinião, esse é o único podcast que supre minhas necessidades sobre quadrinhos, sou cliente assíduo. Por tal fato resolvi deixar meu ponto de vista sobre a discussão Na minha singela opinião, esse é o único podcast que supre minhas necessidades sobre quadrinhos, sou cliente assíduo. Por tal fato resolvi deixar meu ponto de vista sobre a discussão DC x Marvel, me encaixo no grupo que não andava gostando dessas provocações, ouço o PTdM à um bom tempo mas não tinha atinado que poderiam ser “personagens”, exemplo nesse episódio quando o Diego Bachini Lima falou sobre o livro Jogador Nº 1 e comentou que o nome do protagonista é uma aliteração assim como da Marvel, eu pensei logo “Como assim só Marvel, isso é uma mentira e Clark Kent, Lana Lang, Lois Lane. Que absurdo só sabe atacar a Marvel” . Mas aí lembrei do fato de vocês terem falado a respeito de quando estão provocando são “personagens” e isso me “desarmou” então tive a epifania de que por causa dessas provocações estou ouvindo com uma certa defensiva, principalmente quando um acredito que um “ataque” é infundado. Gostei muito do fato de terem explicado isso. Só para contextualizar se tivesse que escolher um “time” eu seria DC, mas mesmo assim sou apaixonado pelos personagens da Marvel, assim como o Diego falou. Resolvi escrever esse “depoimento” somente para deixar meu ponto de vista a respeito dessa discussão.

    • Vi que meu comentário acima ficou todo desconfigurado, segue abaixo:

      Na minha singela opinião, esse é o único podcast que supre minhas necessidades sobre quadrinhos, sou cliente assíduo. Por tal fato resolvi deixar meu ponto de vista sobre a discussão DC x Marvel, me encaixo no grupo que não andava gostando dessas provocações, ouço o PTdM à um bom tempo mas não tinha atinado que poderiam ser “personagens”.

      Exemplo: nesse episódio quando o Diego Bachini Lima falou sobre o livro Jogador Nº 1 e comentou que o nome do protagonista é uma aliteração assim como fazem na Marvel, eu pensei logo: “Como assim só Marvel, isso é uma mentira e Clark Kent, Lana Lang, Lois Lane. Que absurdo só sabe atacar a Marvel” .

      Mas aí lembrei do fato de vocês terem falado a respeito de quando estão provocando são “personagens” e isso me “desarmou” então tive a epifania de que por causa dessas provocações estou ouvindo com uma certa defensiva, principalmente quando acredito que um “ataque” é infundado. Gostei muito do fato de terem explicado isso. Só para contextualizar se tivesse que escolher um “time” seria DC, mas mesmo assim sou apaixonado pelos personagens da Marvel, assim como o Diego falou.

      Resolvi escrever esse “depoimento” somente para deixar meu ponto de vista a respeito dessa discussão sem maiores pretensões.

      Obrigado por sempre alegrarem meu caminho entre casa e trabalho com informação de qualidade. Peço que não levem esse comentário para o lado negativo. Abraços.

      Aproveitando, gostei bastante da entrada permanente da Amyh Swan.

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: