Navigation Menu+

Origens

Posted on Nov 22, 2010 in Vozes da Terceira Terra

AA026313

Todo GM já passou por isto: jogo novo, grupo novo. Como juntar esses personagens? Que fazer para dar início à história, deixar jogadores (e personagens!) interessados logo de cara? Essa é a parte mais crítica de qualquer jogo, que pode definir se sua história irá durar ou se descarrilará logo na primeira sessão. Ouça este episódio e aprenda com nossos erros.

[00:00] Abertura.
[03:22] Dificulddes em juntar o grupo de personagens.
[11:29] Usando objetivos comuns temporários.
[16:51] O objetivo comum pré-determinado pelo cenário.
[21:49] Tem jogador que faz questão de atrapalhar.
[26:18] Deixar o jogador fazer o que quiser?
[33:01] “Liberar tudo e arcar com as consequências.”
[36:45] Avisos paroquiais.
[41:59] Vozes de Fundo: vozes… de fundo, bazuca no Cthulhu, Mutant City Blues.

Links citados:
• Chris Perkins mestra D&D para os produtores do Robot Chicken (vídeo)
Blog do Mestre Walla, podcast da campanha «Presa de Ferro» (sessão de jogo)

Nossa trilha de abertura e encerramento são cortesia de Marcos Kleine. Depois de ouvir, comente este episódio no TPK Brasil.

[relatedPosts]

Listen to Stitcher

16 Comments

  1. Baixando…
    Nossa que bacana é aproximadamente a situação que estou passando, mudei de cidade e acabei de encontrar um grupo novo.

    Rezando por dicas boas XD

  2. Hahahahaha! "Jogo de tabuleiro com frescura" Boa definição, Marcelo. Um dos motivos de eu ter parado de jogar DnD, é que virou um boardgame com historinha. Mas eu respeito quem admite gostar disso.

    • Já imaginava que vc ia adorar esse comentário… :P

      • Concordo que a 4e pode ser jogado como um "simples" wargame. Não é ruim ter essa opção, até para "matar a vontade", mas realmente a 4e não incentiva o roleplay.

        • Se você se refere a incentivo de regras, realmente não. Na verdade até limpou os alinhamentos (tendências?) para tornar mais simples e diminuir os atritos.

          Mas isso também não significa que o uso de minis e mapas seja uma impedimento a interpretação. É um recurso pra enriquecer o jogo, não limitar.

          • Fica RTS (games de estratégia) e eu odeio RTS. Mas bem, parei de jogar DnD e não incomodo mais os DMs. Problema é ver isso nas outras ambientações.

          • Além de deixar o jogo meio pontuado. Como no primeiro Uncharted, qdo eu vejo aquela arena cheia de colunas pra se pegar cover, eu sei exatamente que é ali vai rolar porrada. Um dos poucos defeitos desse game.

          • O D&D é um jogo de combate entre miniaturas que tem um módulo (totalmente opcional) de roleplaying para quem ainda se importa com isso, Isso acontece desde a versão 3.

            (Flames… I see the FLAMES!!!)

          • Só não vejo como isso pode ser uma coisa negativa. É exatamente para permitir aos jogadores usar o cenário para enriquecer a ação.

            Mas enfim, é como falar de açúcar para um diabético. Quando não se quer, não adianta empurrar.

  3. Excelente episódio. A questão de limitar o material de jogo é importante para evitar trabalho desnecessário ao Mestre (se o Livro do Jogador do D&D 3.5 oferece 77 combinações de raça e classe, pra quê escolher justamente aquela que não tem?). Ah! E obrigado por divulgarem o meu blog e pelas dicas sobre podcast. Valeu! (e Mestre Walla eu tirei da Praça é Nossa sim). ^ ^

  4. Massa demais o episódio!!

    Atualmente eu tenho pedido pros meus jogadores criarem realcionamentos prévios entre eles pra facilitar a criação do grupo. Faço assim: Kick, Relacionamento e História.

    • O Kick é isso mesmo, o que chuta o personagem do maluco pra dentro da carreira heróica.
    • Relacionamento descreve como o personagem se liga intimamente a, pelo menos, 1 dos outros jogadores.
    • História é todo o background em detalhes do personagem.

    Só isso já funciona maravilhas!
    Tem um exemplo disso no nosso site de campanha, no menu "PJs": http://eberron.imaginauta.com.br/

  5. Ótimo episódio. No entanto me pareceu que a maior dificuldade está no fato de que estamos sempre considerando a opção onde o narrador faz uma aventura sem considerar nada dos personagens criados pelos jogadores.

  6. Pq não tá aparecendo o player e nem o botão de download? Não tô conseguindo baixar.

    • Putz, todos os players sumiram! Vou olhar isso agora.

    • Prontinho. os tocadores estão de volta.

      • Valeu, Marcelo! Obrigado.

Qual sua opinião? Comente!

RSS FeedAssine o RSS do Vozes da Terceira Terra e não perca nenhum episódio

 

Somos orgulhosos de sermos afiliados a:


Free Delivery on all Books at the Book Depository



Qualquer compra nessas lojas nos garante 5% de comissão e nos mantém no ar.
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: