Navigation Menu+

Arranjando briga com o GM

Posted on Feb 9, 2011 in Vozes da Terceira Terra

Darth_Vader_by_wraithdt

Ilustração: wraithdt (DeviantArt)

Este episódio do Vozes da Terceira Terra recebe um convidado muito especial, o Hencrer, que tem o hábito de ser do-contra quando joga RPG. Como vamos lidar com essa situação? Descubra o que acontece quando um jogador contraria seu GM.

03:44 Apresentação do tema?
18:25 Como lidar com um jogador padeiro?
30:50 PvP.
36:18 PvGM?!
44:03 Recados.
47:24 Vozes de Fundo: indo pros EUA.

Links citados:
Conflict Roleplaying (PvP para Pathfinder) no podcast Atomic Array.
E-zine do Reduto do Bucaneiro número 1.
E-zine RPG Magazine.
Pergaminho de Prata.
E-mail do Notícias da Terceira Terra.

Nossa trilha sonora é cortesia de Marcos Kleine.


[relatedPosts]

Listen to Stitcher

4 Comments

  1. Parabéns pelo podcast.

    Já presenciei muitas vezes essas situações. Mas, na minha opinião, isso acontece muitas vezes graças ao pensamento do jogador de que tudo é responsabilidade do Narrador. Quando as responsabilidades são compartilhadas, muitos desses conflitos prejudiciais (já que alguns podem, sim, ajudar) à história não acontecem.

    Discutir um pouco antes do jogo. Sobre o que jogar, como jogar, o que usar, é muito bom para evitar isso também.

  2. Olá a todos!!!!!!!!!

    Foi bastante comentado que o ep. 108, de narrativa coletiva, não teve muitos downloads ou que não agradou a muitos… Talvez tenha um motivo: não se tem muitos jogos com essa temática no Brasil, desse modo os narradores não têm intimidade em lidar com esse modo de narração.

    Também não tinha gostado do tema do ep. 108. Mas, procurando algo novo na net pra narrar, encontrei um ótimo RPG indie, Shotgun Diaries de John Wick, onde literalmente a narrativa é coletiva pois quando se obtém um sucesso em um teste o jogador é quem narra o fato.

    Comecei a narrar Shotgun Diares e logo notei que o grupo evoluiu e passou a se interessar a narrar os fatos, os jogadores passaram a povoar as cidades e vilarejos onde passavam e alguns jogadores que gostam mais de interpretação passaram a se empolgar com o jogo.

    Creio que se jogadores estilo Hencrer, que gostam de criar e evoluir não só o personagem mas a história, iriam gostar de jogos nesses moldes.

  3. Só pra comentar o Vozes de Fundo, esse contexto de moradia no subúrbio, de lá e daqui em contraste se dá bastante pela forma de colonização, o esquema que eles usam lá aplicado aqui, não seria produtivo. Na verdade é segregador.

    Mas isso dá muito pano pra manga.

    Marcelo, vai pra Boston e aproveita e me trás uma camisa do New England Patriots uhahuahuahuhuauhaa

    Abraço
    Doug Alves

  4. Obrigado por citarem nossa e-zine.

    Realmente não é fácil lidar com narrativa compartilhada. Para falar a verdade, é mais fácil do que do “modo convencional”, mas os jogadores não acham interessante, pelo menos a maioria.

    Pode reparar, os jogadores que curtem isso são jogadores/narradores. Aqueles que nunca viram como é estar do outro lado do escudo não sabem como isso é importante.

Qual sua opinião? Comente!

RSS FeedAssine o RSS do Vozes da Terceira Terra e não perca nenhum episódio

 

Somos orgulhosos de sermos afiliados a:


Free Delivery on all Books at the Book Depository

Qualquer compra nessas lojas nos garante 5% de comissão e nos mantém no ar.
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: