Navigation Menu+

Análise da sessão anterior

Posted on Jan 14, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: “Tech Analysis 07” por silvatrez


Concluindo o experimento da sessão anterior, comentamos e analisamos as aventuras uns dos outros, discutimos os resultados da experiência e levantamos vários pontos a respeito de nossos métodos de criar aventuras. Quanto dos métodos de um são iguais aos dos outros dois? E o quanto nós nos distanciamos de cada um na hora de conceber uma aventura? E, o mais importante — o objetivo dessas duas sessões — : o quão parecido, ou o quão diferente, nosso jeito de fazer RPGs se assemelha ao de você, caro ouvinte?

Esperamos com essa dupla de episódios experimentais ajudá-lo entender seu próprio processo criativo, amigo DM/GM/Narrador.

Depois de ouvir, opine nos fóruns.

SHOWNOTES:

[01:10] Resfriado francês, hábitos de adolescentes e Chapéu Seletor.
[07:59] Natal passado incógnito, Reveillon e diploma.
[14:24] Recadinhos.
[19:45] Sessão de cartas.
[42:10] Vinhetas: Narrative Control, Lovecraftiana, Rolando20.
[44:16] Apresentação do tema.
[58:40] “Os 12 pontos do Rodolfo.”
[62:19] O misterioso barulhinho de isqueiro.
[62:37] Continuando com a análise.
[82:27] Trilhos e mapas.
[88:10] Construção, estabilidade, desconstrução, reconstrução.
[90:56] Conclusão: o porquê desta experiência.
[91:49] Encerramento.

LINKS CITADOS:

Resenha do site The Spill para o filme “Twilight” (inglês).
• Receita de gin cobbler (inglês).
• Nosso vizinho, o Dicecast (inglês).
Teiacast, blog sobre podcasts.
• Blog Contos de RPG.
Armadilha de mortos-vivos do Rolando20.
“RRRrrrr!!!”: Gui se apresenta (francês).
Crítica do Marcelo ao sistema Storyteller no fórum DDBrasil.

(Detalhe sobre a qualidade do som: estamos trabalhando para acertar os microfones e manter o áudio sempre com a mesma qualidade. Novo equipamento também significa aprender como fazê-lo funcionar adequadamente).

1 Comment

  1. Os dois episódios não foram ruins. O que faltou, na minha opinião, foi vocês terem efetivamente jogado as aventuras, para comparar as expectativas (principalmente as do Rodolfo e do Netão) e assim coletar mais “dados”, como vocês gostam de dizer. Comparar o que era esperado ocorrer com o que realmente ocorreu teria aberto novos pontos para discussão na ótima explanação posterior do Rodolfo. No geral, foi mais um (ou dois) excelente(s) episódio(s) para os mestres/DM/narradores ouvirem, pensarem e se aperfeiçoarem mais nessa arte que é criar aventuras e campanhas de RPG.

    Só pra esclarecer sobre Harry Potter: Ordem da Fênix atrasou por causa da gravidez de J K Rowling. E eu acho que os livros seguintes sofreram com esse atraso.

    Quanto às traduções da Rocco: se vocês chegarem em alguma comunidade de Harry Potter no Orkut (salvo excessões) e elogiarem o trabalho de Lia Wyler (com quem me comunico eventualmente, e é uma pessoa bastante prestativa), vão ser chamados no mínimo de loucos. E apesar de eu ser fã
    e gostar das traduções, a saber: Ela também engoliu um parágrafo de “Câmara Secreta”, no qual Aragogue fala que a pessoa morta há 50 anos pelo basilisco foi uma menina, no caso a Murta-que-geme. No livro em português, Harry e Ron chegam à essa conclusão e você fica sem entender como!

    (OK, vocês poderiam passar sem essa informação…)

    Abraços!

    Rodrigo “Big” Campos, seu novo consultor sobre Harry Potter.

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: