Navigation Menu+

O que tem para o jantar?

Posted on Mar 9, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: “food” por laprovocation


Estreando o novo formato, Marcelo, Neto e Rodolfo discutem o uso de comida e bebida em jogos de RPG. Da despensa de uma nave klingon ao tipo de comida que pode ser encontrado no deserto, passando pelas brigas de taberna e banquetes palacianos, comida pode ser um fator importante, decisivo ou mesmo o foco de uma aventura.

Depois de ouvir, opine no tópico da sessão dos fóruns TPK Brasil.

SHOWNOTES:
[00:00] Abertura, sobre o novo endereço, música tema, e-mail e formato.
[05:13] Comida, coisa viva, cultura e café.
[16:30] Fator importante nas aventuras: pão de banha e carne crua.
[19:50] O banquete / bebida também é comida.
[23:29] Para que usar comida no RPG.
[29:00] Comida como o foco da aventura, para ganhar tempo e roleplay.
[34:01] Como usar comida e bebida / valor monetário / “você como comida”.
[40:24] Leia, ouça, veja.
[44:12] Cultura alienígena e chocolate vulcano.
[45:12] Contos lovecraftianos, por Lauriston Trindade: «O Jardim».
[47:56] Encerramento.
[49:37] Vinhetas de Rolando 20, Rifftracks.com e ZBCast.
[51:30] Vozes de fundo

LEIA, OUÇA, VEJA:
– Suplemento do World of Darkness “Hengeyokai: Os Metamorfos do Oriente” (White Wolf/Devir);
– Filme “Náufrago” («Cast Away», 2000);
– Volo’s Guides da TSR (Forgotten Realms);
– Documentário “A Origem dos Alimentos”, no Nacional Geographic Channel;
– Livro “História da Alimentação”, de Jean-Louis Flandrin e Massimo Montanari (orgs.) (Ed. Estação Liberdade, 886 p.).

LINKS CIDADOS:
• Marcos Kleine (website e blog);
• Nosso novo e-mail: vozes@terceiraterra.net.
• E-mail do Marcelo publicado no ZBCast

22 Comments

  1. AÊ, pessoas! Bacana o novo site. Estou baixando o podcast novo pra ouvir neste momento. Tô aqui morcegando às 3 da matina. Já corrigi o link do meu blog pro de vocês também.

    Abraços!

  2. Marcelo exagerado… Life não é a melhor série de 2008! É uma série boa? sim… mas para começar, é de 2007! xD

  3. Tem capa sim!!! EEEE, e deu erro baixou só 1 segundo!

  4. Muito boa sessão!

    Acredito que a comida e a bebida sejam realmente importante, foi muito boa a escolha do tema. O novo formato me agradou bastante, não pelo fato das “bobagens que amamos” terem ficado para o final; mas sim porque evita que vocês percam o foco do assunto (vide “Traduções”).

    Eu gostava mais quando os assuntos paralelos surgiam naturalmente,
    assim como numa mesa de RPG. O Vozes de Fundo ficou meio… sei lá! Meio forçado, não soou tão autêntico como outras sessões. Mas a tentativa é válida. Como foi a primeira vez, é provável que melhore com o tempo.

    Rodolfo está de parabéns por ter lembrado de um sentido muitas vezes esquecido: Olfato. Eu me sinto muito íntimo do
    uso de todos os sentidos nas descrições durante uma aventura; mas não se pode negar que a comida torna o paladar
    e o olfato muito mais importantes.

    Ah, Marcelo: Aquela matéria da Dragon Magazine é muito massa! Inclusive, nela há uma receita de um ensopado chamado Camo-Chi: Leva pimenta, especiarias, legumes… e carne de elfo! O que o Neto acharia de ser convidado para uma rodada de Camo-chi? hahaha…

    Gostei muito do conto do Laurinston! Ele joga RPG? Talvez eu e meu grupo possamos marcar alguma coisa com o grupo dele, bater papo ou algo assim. O cara tem futuro!

    Abraços!

  5. Ja ouvi, e quero saber de quem é a voz feminina?!

    Gostei, não tenho muito acrescentar e as converssas sobre “o jogo do marcelo” foram bem legais!

  6. @Arquimago
    A voz feminina é a Raquel22 do TextAloud.

    Kudos ao Paulo Antunes por ter sido o primeiro a ouvir e obrigado ao Darin por corrigir a data da primeira tempora de “Life”.

  7. @Rodrigo “Big” Campos
    Big, acho que nos acostumaremos rápido com o novo formato. De fato, nós três ficamos bem felizes com a rapidez e leveza com que a gravação correu, mas 50% disso não transparece na pós-produção. Eu sou o mais contente, de longe. Levava seis horas para editar o podcast. A sessão 18 me custou duas horas.

  8. Tem um livro (uma série na verdade) bem interessante que aborda este tema. O livro em questão é o “Leaves from the Inn of Last Home”. Este livro (com duas versões na época de AD&D e uma na 3.x) é um livro com 99% de flumph focado no mundo de Dragonlance. No conteúdo você encontra cantigas (com letra e partitura), panfletos, mapas da época e também uma sessão específica sobre culinária. Com certeza um dos principais destaques é a receita da “Ottik’s spiced pottatoes”, comida citada algumas vezes na saga de Dragonlance.

    Ottik, para quem não sabe era o taverneiro da “Inn of Lasthome” na cidade de Solace. Nesta taverna é onde a aventura, e o mundo de Dragonlance começa.

    Essa sessão deu fome!

  9. Eu ouço vozes.

    Posto isso… (boa), Marcelo , valeu pela criação do bumper. Eu realmente estou enrrolando um pouco pra soltar o podcast, porque estou trabalhando atualmente coisa de 16 horas por dia e com folga so aos domingos( dois empregos). Coloquei como meta pessoal, lançar o pre-alpha do podcast até dia 17 de março. Já tem pauta e algumas partes gravadas e a trilha sonora selecionada. Enquanto não sai (não, eu não desisti), vou seguindo ouvindos vozes e me divertindo. Muito boa a idéia de falar sobre comida, uma coisa tão importante e relegada ao segundo plano no rpg. Agora que voces tocaram nesse assunto fica aqui uma sugestão, que tal um episódio sobre a parte XXX (não falo do triple X, se é que me entendem… kkk) do rpg. Seria um episódio interessante… ou não (pelo menos voces poderiam gastar o estoque de “piiii” acumulado). Por curiosidade quais seriam as 7 palavras ??? Um abraco a todos, e continuem produzindo as vozes que nós ouvimos.

  10. A Prova de Tudo é um exemplo de gastrônomia exótica, o cara come desde as bolas de um animal até beber o próprio mijo. Mas zen, é uma boa a sugestão do Renato, qual a importancia do sexo no rpg, como narrar…

  11. Comemorando 100 downloads da sessão. Já é um recorde?

  12. Ps. Rodolfo, valeu pela visita no blog! Agora não falta mais ninguem (hehe)

  13. Off topic
    Quais são as dicas de vocês para quem quer fazer um podcast de RPG.

  14. Pelo que eu pude perceber que o pessoal do Vozes faz (e alguns outros podcasts não fazem) é gastar muito tempo para desenvolver uma pauta e fazer notas do que comentar em cada ponto da pauta.

  15. Taí uma coisa que a gente deveria levar mais em conta nos nossos jogos aqui, como DnD por exemplo. Toda vez que se fala em rações para viagem, eu imagino os aventureiros levando um pacote de Purina.

    Ah, o próximo episódio sobre jogo da bebida deverá ser divertido. Imagino quando se vai começar a falar torto. Já joguei movido à vodka. A gente perde um pouco do sentimento de auto-preservação do personagem e sempre corre em carga pra cima dos bichos maiores.

    T+

  16. NERDCORE :
    Pelo que eu pude perceber que o pessoal do Vozes faz (e alguns outros podcasts não fazem) é gastar muito tempo para desenvolver uma pauta e fazer notas do que comentar em cada ponto da pauta.

    tem o Brilliant Gameologists tambem, que chega a gastar 6 horas de preparação para poder organizar um episodio. eu acredito que faz toda a diferença, ainda mais que sempre que algo é citado eles sabem na lata tudo que precisa sem se embananar.

  17. @ Nerdcore: Nossa, uma bela sugestão de leitura. Tenho certeza de que o Rodolfo vai gostar. Vou procurar no catálogo da Saraiva.

    @ Renato Mattos: As sete palavras são sete expressões que não podem ser usadas na TV aberta (norte-americana), compiladas pelo comediante George Carlin, e elas acabam não aparecendo ou sendo censuradas na TV (de vários países). São elas: Shit, Piss, Fuck, Cunt, Cocksucker, Motherfucker e Tits. Em português, seriam algo como Merda, Mijo, Foda(-se), Boceta, Chupa-pau, Filho da Puta, Tetas.

    @ Pedro: Adoro a série A Prova de Tudo, mas acabei não a citando porque o foco dela não é exatamente comida, apesar de que Bear Grils ensina mesmo como sobreviver no ermo, e tem até mesmo um episódio chamado “Bear Eats”. Mas deveria ter sido citada.

    @ Big: Sim, é um recorde, com certeza. Provavelmente devido a informações imprecisas do mypodcast, no entanto.

    @ Paulo: acabamos soltando daqui há pouco um episódio já gravado há muito. O episódio em que ficamos mamados é especial e vai ao ar em algumas semanas. Mas acho que vamos acabar bebendo na gravação do de quarta novamente, bua-haha!

    @ Master Bass (e também para outros futuros podcasters): Estou escrevendo uma postagem para meu blog, Notícias da Terceira Terra, sobre como começar um podcast. Era para ter saído já, mas tive problemas de horário. Dê-me 24 horas e procure meu blog no Google.

  18. Galera, gostei da mudança do site por um motivo especial: o endereço anterior era bloqueado no trabalho. Daí que nunca havia ouvido nenhum episódio 🙂 Ouvi este e o sobre jogos em época moderna, muito bom!

  19. faltou só falar de casos em que a alimentação querendo ou não faz parte do núcleo do jogo como em Vampiro a máscara/o réquiem. são dois cenários que não foram comentados e que a alimentação é extremamente importante e há muito o que se aproveitar de cenas de alimentação.

    gostei do novo formato, gostei bastante do vozes de fundo.

    (cara, passei um bom tempo perdido tentando entender pq o blog tava fora do ar, daí buscando pelo google eu achei o novo link. será que só eu fiquei perdido?)

    Mandrake.

  20. Caras eu não levava fé no tema, quando eu li pensei PQP!!! eles enlouqueceram… Mas queimei a lingua, EXCELENTE podcast! Muito útil e elucidativo! Meus parabéns novamente!

    O novo formato está beirando a perfeição!

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: