Navigation Menu+

Monstros do mundo real

Posted on Apr 20, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: “Jersey Devil” por Mervzilla


Como seriam os monstros do folclore contemporâneo numa mesa de RPG? Todo mundo já enfrentou dragões, fomorians, droidekas, vampiros e zumbis, mas e quanto àqueles monstros que muitos acreditam realmente existir (ou terem existido) em algum lugar de nossa realidade? Abominável Homem das Neves, Monstro do Lago Ness, alienígenas seqüestradores… essas são criaturas que povoam nosso imaginário, mas que raramente vemos em mesas de jogo.

Esta semana, Marcelo, Neto e Rodolfo apresentam aos ouvintes seis monstros do mundo real, criaturas de modernas para serem usadas em RPGs. E, numa ousada iniciativa conjunta, as fichas desses monstros estão sendo lançadas concomitantemente nos blogs Rolando20, True Neutral e The Firestarter.

Não deixe de visitar esses excelentes blogs para acessar as fichas dos monstros do mundo real para D&D 4e (Daniel Anand e Davi Salles), D&D 3.5 (Allian) e Star Wars Saga (DM Rafael). Se você deseja produzir e publicar os monstros destes episódios para outros sistemas, entre em contato conosco! Teremos prazer em divulgar seu trabalho, tendo você um weblog ou não.

SHOWNOTES:
[00:00] Recados e abertura.
[03:52] Apresentação do tema.
[06:55] Por que esses monstros são interessantes ao GM?
[11:53] Mary Tifóide (Typhoid Mary).
[18:48] Pé Grande (ou: Sasquatch, Yeti, Wendigo, Homem da Relva de Ohio).
[25:35] Chupacabra.
[32:50] Mokele Mbembe.
[40:52] O Demônio de Jérsei (Jersey Devil).
[50:57] Spring Heeled Jack.
[58:51] Encerramento e Leia, Ouça, Veja.
[63:05] Créditos e vinhetas de QGNet, ZBCast e Rolando 20.
[65:57] Monstros Extras: o Demônio de Dover, o Verme de Sangue da Mongólia e Bloody Mary.

LINKS CITADOS:
Encontro Nacional Virtual de RPG
Web Enhancement do DM Rafael com todos os monstros.
Mary Tifóide, Pé Grande, Chupacabra, Mokele Mbembe, Demônio de Jérsei e Spring Heeled Jack do Daniel Anand no Rolando 20.
Mary Tifóide, Pé Grande, Chupacabra e Mokele Mbembe, Demônio de Jérsei e Spring Heeled Jack do Allian no True Neutral.
Monstros do Mundo Real: Manual do Usuário, por Allian.
(atualizaremos o texto a cada dia com os links diretos para os monstros)

LEIA, OUÇA, VEJA:
• «O Livro dos Fenômenos Estranhos» (Charles Berlitz)
• «O Livro dos Seres Imaginários» (Jorge Luis Borges)
Snopes.com
• «Monster Quest», do History Channel
• Série «Supernatural»
• Série «Arquivo X»

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE:
• Website MarcosKleine.com.br
• Blog Vamos Detonar!

Depois de ouvir, participe da discussão em nossos fóruns.

25 Comments

  1. Escutando, e ja participei da enquete no google docs. Depois comento sobre o episódio de hoje.

  2. Um wookie poderia ser um pé-grande? Ele tem o pé grande? hahahaha!

  3. Eu só conhecia a Mary “Te fode” nas histórias do Wolverine.

  4. @Paulo Antunes Vilã do Demolidor, da era John Romita dos gibis do personagem. Mas ela apareceu no desenho dos X-Men dos anos noventa, talvez seja daí que você está se lembrando dela.

    Interessante notar que às vezes ela se chamava Bloody Mary nos gibis do Demolidor.

  5. O arquivo de RAR ta corrompido de novo.

  6. Muito bem! Vou publicar as criaturas um por um, mas já começando com dois! Estão lá no Rolando 20 a Mary Tifóide e o Pé Grande!

  7. Parabéns, belíssimo episódio como sempre! Mas ficou aquele gostinho de quero mais, talvez o episódio de sobrenatural (casas mal assombradas, e similares) preencha esta lacuna.

    Abraço!

  8. @DM Rafael O Neto colocou novo arquivo (zip agora) e conferimos antes de atualizar a postagem; agora o arquivo está bom.

    Não sei o que anda acontecendo. Achei que tinha descoberto o que fiz de errado da outra vez, mas o problema se repetiu. O negócio é nós carregarmos para o servidor e baixar logo depois para conferir a integridade do arquivo, antes de publicar.

  9. @marcelodior
    Não sei se pelo sistema de vocês dá pra fazer isso, mas aqui no trabalho, sempre que carrego um arquivo no FTP, eu dou uma conferida se o tamanho de bytes está batendo com o arquivo original.
    Geralmente isso já basta para saber se carregou com problema, porque qualquer alteração mínima da contagem já indica erro.

  10. De qualquer forma, acabei baixando a versão integral e peguei para ouvir novamente. Realmente o episódio ficou muito bom, já ouvi várias e várias vezes (especialmente para montar os monstros de SW) e ainda não cansei! O trio está de parabéns!

  11. Bom, baixando agora esse e o outro episodio, estou sem net e meio atrasado…

    Ah, e domingo agora, descobri no Fantástico que eu e os outros ouvintes sofremos de esquizofrenia (Já que o Rodolfo não quis dar o nosso diagnóstico), pois todos continuamos ouvindo vozes!

    Abraços!

  12. Muito interessante o episodio… Boa seleção de lendas e criaturas, bem como as dicas do Leia, ouça, veja. Por sinal o livro dos fenômenos estranhos é excelente mesmo e ouso acrescentar para fãs de hq, as recentes edições especiais do Hellboy que trazem um bom glossário das lendas das criaturas

  13. Que comédia… acabei de ver no tal de Casseta e Planeta… Uma paródia do personagem da novela onde ele dizia: Oq? Dizem que estou louco só por que estou “Ouvindo Vozes”? Mas um para se cadastrar nos fóruns.

  14. Me lembrei de umas aventuras minhas de CoC depois de ouvir sobre o pé grande…

  15. Achei que vocês fossem falar do Unhudo, que passou no programa Balanço Geral, da rede Record (ou Rede tv sei lá).

    Segundo fontes nada confiáveis:
    “Já foi visto por muitos aqui em Lins, principalmente pescadores em beira de rio. Na maioria dos casos comentados, a vítima está pescando tranquilamente nas margens do Rio Batalha, quando aparece a criatura: alta, magra, humanóide, toda peluda e com dedos e unhas grandes. Ao se levantar, a vítima leva um “tapão”, e é arremassada vários metros, chegando a ficar desacordada. A criatura foi apelidada de Unhudo. Já tem até bonequinhos na cidade com seu nome”
    Ao que parece é o espírito de um veterano de guerra que era muito maligno e, sabe-se lá por que, depois que morreu virou monstro e resolveu proteger a mata (sintoma conhecido por “complexo de garou” hehehe)

    Também tem o Duende do Cemitério de Ilhós! Que tem filmagem até no Youtube. Mas esse nem tem muita lenda não.

    Bom, e já que estou comentando, acho que vocês podiam encurtar um pouco o tempo que fica só musiquinha no Podcast. Eu sei que o cara toca pra caramba e que tem q divulgar o trabalho dele, mas ficar escutando enquanto espera o resto do episódio acaba parecendo musica de consultório. É só um crítica construtiva!

    Abraço, e parabéns pelo Podcast! É muito bom e bastante útil! É bacana ver como tem crescido em público e qualidade!

  16. Caras adorei!!! Vou ver se acho o livro, e VOU colocar o cara que pula! Não importa o que mestrar! Acho que meu jogadofres teram a reação no neto mas eu quero ver a cara deels, é deixarem dar um sospapos em outra coisa depois e blz!

  17. Pretendo narrar hoje uma história com o demônio de jersey. particularmente sempre gostei de variar as criaturas. já narrei histórias com o ET de varginha, pé grande, bloody mary, nessie, a legião da ferrovia do diabo (lenda da minha região, explico abaixo) e o chupa cabra (são os que eu lembrei agora). de lugares eu já usei de marcante os Sinais nas plantações e a casa mal assombrada clássica.

    O legal é que em algumas crônicas, como na do ET de varginha, um dos PCs passou a história toda e não conseguiu ver nenhum! o plot basicamente era um grupo de ets fazendo experiencias na zona rural, os pcs foram lá investigar e depois negociar para que eles fossem embora. tudo certo, mas esse pc acha até agora que todos são loucos e que tudo era mentira pois ele não viu ABSOLUTAMENTE NADA! kkkkk

    A legião da ferrovia do diabo, se refere a um mito simples daqui da ZBC. moro a alguns quarteirões da estrada de ferro madeira-mamoré, também conhecida como ferrovia do diabo. é chamada assim pq se diz que os espiritos da natureza nunca quiseram que essa estrada fosse construida por isso ela foi um fracasso. dizem que há centenas de mortes, de forma que há pelo menos um espirito de algum trabalhador que morreu por dormente da estrada de ferro. juntos eles formam uma legião que assombra a floresta por onde a estrada de ferro passa.

  18. Olá!
    Parabéns! Podcast excepcional e muito informativo. Não esperava por algo assim. Pensei que ia ser um monólogo bem chato sobre os monstros, mas vocês me surpreenderam com o modo de apresentar os mesmos. Realmente não conhecia alguns monstros citados, e até fiquei com vontade narrar algo mais sobrio e misterioso (faz tempo que não narro nada neste estilo).

    Até and Bye…

  19. Devido a problemas [já resolvidos] com o PC, só ouvi o episódio ontem de noite.

    Como de costume o podcast foi fenomenal, todos os monstros são excelentes para se usar em RPG, confesso que de cara só conseguia imaginá-los em aventuras de horror moderno, mas o material do Rolando20 me surpreendeu ao adaptar tão bem os monstros para o D&D4E, ainda não vi o material no True Neutral e no Firestarter, mas vou conferir em breve.

    Por causa das histórias do Demolidor eu achava que Typhoid Mary e Bloody Mary fossem o mesmo monstro.

    Aqui em Recife existe uma lenda bizarra, é a “Perna Cabeluda”, foi um verdadeiro terror no final dos anos 60 e começo dos anos 70 (1960-1970, tá Rodolfo :P), era uma perna peluda do tamanho de uma pessoa que ficava pulando pela cidade de noite e ataca quem estivesse andando sozinho pela cidade.

    Meu pai conta que ninguém saia de casa depois que escurecia, quem saia do trabalho nesse horário andava sempre em grupos, pois a perna só atacava quem estava sozinho.

    Naquela época a TV ainda não era tão difundida, mas os rádios e os jornais sempre relatavam casos de pessoas que tinham visto a perna e conseguido escapar, mas nunca apareceu ninguém que tivesse sido atacado e sobrevivido, ela aparentemente chutava a vítima até a morte (como se livrava do corpo é que é o mistério, hehehe).

  20. Poxa vida concordo com o Neto se um Spring Heeled Jack me atacasse, me enchesse de bolacha e depois saísse por aí saltitando e rindo eu ia ficar p…

    Outra coisa, imaginei no julgamento do cara que foi acusado de ser o Spring Heeled Jack que depois que ele usos o argumento de:

    – Eu não solto labaredas pela boca.

    Ele deve ter saído do tribunal rindo e saltando pelos muros.

  21. pode encontrar o pé grande na Africa do Sul.Se achou venha ao distrito federal

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: