Navigation Menu+

Eu espero que você morra!

Posted on May 4, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: “Horde” por Skaya3000


Esta semana normalmente teríamos uma sessão de cartas, cobrindo os recados e mensagens de Abril, mas não pudemos gravar e por isso soltamos um episódio que promete agradar a todos: a primeira parte da sessão «Vilões», da série Antagonistas.

SHOWNOTES:

[01:48] Apresentação do tema.
[05:58] Como odiar o vilão.
[10:37] Lista de vilões.
[11:36] Fontes de pesquisa: revistas Dragon (Abril Jovem) #13 e Polymancer vol. 2 #4.
[13:37] Motivação: o vilão invejoso.
[14:55] o vilão traidor e o o vilão vingador.
[17:13] companheiro corrompido e o o herói caído.
[19:51] o vilão competidor e o vilão insano.
[22:47] o vilão justo, o o vilão destruidor e o vilão reizinho.
[24:49] o vilão obcecado, o vilão ambivalente e o reflexo distorcido.
[28:47] Misturando as motivações, mas não muito.
[33:34] Trabalhando o grupo de vilões.
[42:17] Seria o vilão o NPC mais bem trabalhado da aventura?
[48:28] Contos lovecraftianos, por Lauriston Trindade: «Memória».
[52:47] Aviso e Drops de Anil, por Eli Soldi: «The Lurker at the Threshold».
[59:19] Encerramento e vinhetas de ZBCast, Rolando 20 e QGNet.
[61:26] Vozes de Fundo.

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE:
• Website MarcosKleine.com.br
• Blog Vamos Detonar!

Depois de ouvir, participe da discussão em nossos fóruns.

15 Comments

  1. Episódio que se perde, que não é gravado, etc… alguem por favor solte um “Remover Maldições” nos maestros?

    To baixando para conferir =] Ao menos não ficamos sem episódio.

  2. Cara esse episódio está muito bom e muito útil. Parabéns mesmo!
    Essa lista de vilões que vocês usaram como base está em arquivo digital? Seria muito bacana se pudessem disponibiliza-la para download.
    Um abraço!

  3. Bom dia, galera!
    Descobri o podcast de vocês há pouco tempo e estou gostando bastante! Tinha abandonado o RPG há alguns anos e voltei a pesquisar material após ouvir o podcast de vocês e do Rolando 20!
    Essa sessão está muito boa e aguardo pelo próxima sessão!
    Agora, apenas uma correção a citação dos Cybercops: o vilão que passa a ajudar os Cybercops é o Lucifer… O Jupiter está na formação inicial dos Cybercops (é o vermelho que tinha a moto tosca de isopor).

    Abraços e continuem com o bom trabalho!

  4. Eu acho que o Mercúrio só virou vilão mesmo com aquela história de Dinastia M, na década de 90 ele ficava indo e vindo entre os Vingadores e o X-Factor, mas não era um vilão (só era chato mesmo).

  5. Gostei, achei bem feito e com muito mais tipos do que eu esperava.

    Estou saindo de um viroso horrivel, então por hora é só isso… :cthulhu: :zombie 17:

  6. ^^ adorei o episódio!! Me diverti muito – apesar de não conhecer metade dos vilões que foram comentados ^^” Bem….wikipedia tá ai para isso!!!
    Muito sucesso para vocês!!!
    Ah e Netão….qnd naum tiver ninguém querendo brincar com vc, me liga!!! ^^v (eu sei que nem assim vc me liga) Irmanzinha mala é para isso tbm!!! ^^v

  7. Episodio refém liberado!

    Será que foi mesmo?

    Bom, Whatever… Mas uma excelente sessão, pra variar. Estive ouvindo algumas sessões antigas e comparando com as atuais. Planejamento faz toda a diferença! Vcs bem que poderiam dizer como são as pré-produções, tipo, num Vozes de Fundo qualquer… só por curiosidade.

    As Dragon Magazine realmente tinha muito material interessante, vou dar uma lida nas minhas, acho que tem outra matéria sobre vilões, além da citada.

    Ah, e uma dica para o nome da segunda parte: Que tal “Venha para o Lado Negro”?

    Abraços e até a próxima!

  8. huauha venha para o lado negro é um bom tema para a segunda parte.
    o que acontece muito nos jogos de rpg é a ocorrencia de um heroi caido,pelo menos eu sempre pendo para o lado negro… uhuhauhau

  9. Bom, pelo menos, se for o escolhido, quero 50% dos Royailties…

  10. Parabens, um otimo episodio… curiosamente mais engraçado que o de comedia. Pra mim o vilao é a alma do heroi, um vilao bem elaborado gera herois bem elaborados… ou um mundo dominado. hehehe

  11. Excelente episódio…

    Discutir vilania é sempre algo interessante no rpg, sobretudo tentar construir um inimigo realista nos padrões da ambientação.

    Também é bacana na hora de caracterizar o vilão pensar em qualidades/defeitos que sejam justamente os tipos depreciados /odiados pelos jogadores para que como diz um artigo que li faz anos “deixem tudo de lado e voem pra cima dele”(tenho certeza que estava numa das Dragon brasileiras, rsrsrsrs) . Claro que bom senso no uso deste recurso é fundamental para o jogador não misturar as coisas.

  12. Parabéns! muito bom como sempre!

  13. Bom, postei minha experiência com vilões nos fóruns e digo que usar subchefes é um ótimo tempero para as aventuras.

  14. Olá pessoal do vozes!
    Serei breve, juro! Ótimo cast, deu para resumir acho que todas as as fontes de motivação de cada um dos vilões. Só achei esta idéia que vocês apresentaram sobre o vilão está relacionado de alguma forma com os heróis algo meio complicado de definir. Veja bem, é normal criarmos um vilão que tenha alguma relação com os personagens, seja ela direta ou não. Mas e o que dizer de um vilão que nada fez aos personagens dos jogadores, por mais que eles saibam que é uma pessoa de índole ruim ou controversa a deles? Vocês o trataria apenas como um criminoso? E uma pessoa que fica competindo com os personagens, mesmo que por vezes use de artimanhas trapaceiras e letais, não seria um vilão? E se neste último caso o competidor só perseguisse os personagens momentaneamente, ele não seria um vilão, seria?

    Estou viajando demais, melhor voltar pro trabalho.
    Até and Bye…

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: