Navigation Menu+

Antigos espíritos do mal!

Posted on May 18, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: “The First Gate” por LauraTolton


Completando o raciocínio iniciado na sessão 23, trazemos uma pequena lista de vilões organizados por modus operandi. Inevitavelmente ficou um episódio mais comprido que o usual, mas não dava para não falar de todos esses arquétipos de vilania, e foi uma conversa muito agradável, que apostamos que você irá gostar.

Findo o segundo segmento da série “Antagonistas”. O PDF com as cartinhas dos tipos de vilões por motivação e modus operandi será publicado amanhã.

SHOWNOTES:
[00:00] Abertura
[03:14] Questionamento do ouvinte Cavaleiros.
[07:03] Vilões por modo de ação: o vilão autoridade e o vilão trapaceiro.
[14:35] O vilão combatente e o vilão insano.
[19:09] O vilão estrategista, o vilão caçador e o vilão político.
[26:29] O vilão instituição, o vilão titereiro e a femme fatale.
[32:40] O vilão digno e o vilão oculto.
[37:47] O mau encarnado e o vilão interno.
[48:30] Como evitar que o vilão mate os heróis de cara, ou vice-versa?
[65:16] Conclusões e «Leia, Ouça, Veja».
[72:30] Chamada do D3System para o Dia Mundial de RPG na AJOIP.
[73:17] Vozes de Fundo: Star Trek.

LEIA, OUÇA, VEJA:
• CAMPBELL, JOSEPH. «O herói de mil faces». São Paulo: Cultrix/Pensamento, 1995.
• SANFORD, John A. «Mal – O lado sombrio da realidade». São Paulo: Paulus, 1998.
• «Oito maneiras de domar o Lorde Negro do Mal». In: Dragon Magazine # 13. São Paulo: Abril Jovem, Maio/1996, pp. 13-17.
• «What makes a villain tick?». Polymancer Magazine, vol. 2 #4. Westmound (Canada): Polymancer Studios, ??/2007, pp. 12-16.

LINKS CITADOS:
D3System na AJOIP para o Dungeons & Dragons Worldwide Game Day.
• Blog Vorpal: Arquétipos, mitos e personagens.
• Blog Vorpal: Vilões!

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE:
• Website MarcosKleine.com.br
• Blog Vamos Detonar!

Depois de ouvir, participe da discussão em nossos fóruns.

23 Comments

  1. To baixando pra ouvir mais além.
    Mas já aviso que o d3 me deve os 3 básicos da terceira edição… Ganhei na promoção dele a meses atrás…

  2. não que vcs tenham algo haver com isso, apenas me revolto ao ver o nome dele em qualquer lugar…

  3. F5… F5… F5…

    Só vcs mesmo pra me fazer ficar acordado, tomando Nescau e ouvindo VOZES!

    Muito boa conclusão! Realmente caiu como uma luva para a mão, que foi a Sessão 23. Falando nisso: A “mão” do vilão titereiro pode até fazer companhia pra “perna cabeluda”…

    Que lindo! Pássaros cantam na Lagoinha aos 12:54! E tem carros buzinando, e um F…u do Rodolfo sem “PI” aos 41:20!

    Cara, muito legal o vilão político! Me empolguei pra colocar um na minha campanha!

    Andei fuçando o glossário e aqui vão algumas sugestões interessantes para abrilhantar a seção: “Leis Dracônicas”, “Vaca” e “Retina de Mokolé”.

    Isso é tudo! Abraços!

  4. Baixando, valeu pessoal, nada como começar a semana ouvindo Vozes 😀

  5. Acabei de ouvir, como sempre está muito bom, mas confesso que o que mais gostei foi o Vozes de Fundo sobre Star Trek 😀 já assisti 2 vezes e possivelmente assistirei a 3ª no próximo sábado, comecei a reassistir o box da 1ª temporada da Nova Geração e vou retomar o meu projeto (que tava meio esquecido) de criar minha DVDteca de Star Trek.

    Mas voltando ao episódio, eu discordo que o Vilão Trapaceiro seja necessariamente mais fraco que os heróis, na verdade quando penso nesse tipo de vilão eu imagino: o Loki da Marvel, aquele Duende da DC que os heróis tem que fazer ele dizer o nome ao contrário e o Trickster (possivelmente Loki) de Supernatural.

    Acho que podiam ter explorado mais a Femme Fatale, tipo ela é necessariamente uma sedutora como a Hera Venenosa, ou poderia ser também uma vilã com que o herói tem uma relação romântica genuína, como a Safira-Estrela (Carol Ferris) e o Lanterna Verde (Hal Jordan)?

  6. @Rodrigo “BIG” Campos Hehehe, o palavrão do Rodolfo deu para voltar e censurar (o arquivo novo já está no servidor), mas as maritacas voando pelo bairro são um pequeno revés do bom microfone que usamos atualmente, denunciando que gravamos a céu aberto, =^.^=

    Os verbetes sugeridos já estão no glossário.

  7. Baixando aqui, escutarei em breve! Só um comentário, Marcelo, sobre o formato m3u. Parece que neste episódio as partes 3 e 4 estão iguais. O meu gerenciador do ipod detectou, e os primeiros segundos estão iguais. Será que faltou alguma parte ou apenas ficou duplicada?

  8. @Xisberto Realmente, o arquivo estava duplicado. Mas não houve perda, não, só duplicidade mesmo. E já corrigi o arquivo, agora não tem mais o arquivo duplicado.

  9. Estou baixando.

  10. O nome é Tecnauta. Heheheheh
    Viva shadowrun

  11. Gostei muito das vo~zês de fundo.

    E dos tipos de vilões, tenho uma questão… forum!

  12. Lucifer.
    O malzão mor é Lucifer.

  13. Muito bom fechamento dessa sérei de episódios sobre vilões… Faltou apenas vocês dizerem quais vilões são mais comuns nos seus jogos como mestres e qual vocês mais detestam como jogadores (O Netão ja disse que odeia os sacanas, so faltou os demais)

  14. @Marcelo Dior , ah, tá OK. As maritacas são bonitinhas! E o palavrão do Rodolfo, como eu baixei meia noite em ponto, o meu arquivo continua tendo! hehehe…

    E foram boas adições no glossário, além de engraçadas! Eu ri!

  15. Sim tbm vou guardar a versão com palavrão daqui a 10 anos deve valer alguma coisa!

    parabens pelo episódio, educativo e elucidativo!

    abraço

  16. Olá pessoal do vozes!
    Bem, este foi um ótimo fechamento de matéria. Este intervalo de uma semana entre os episódios dos vilões não atrapalhou em nada e vocês responderam uma dúvida minha que estava martelando minha cabeça sobre o tema, obrigado. Acho que agora consegui captar bem o que vocês estavam explanando.

    Quanto a este cast, achei que os modus operandi apresentados resumiram bem como os vilões agem. Ouvindo este cast tive várias lembranças de vilões que eu mesmo criei e como eles se encaixam bem com os apresentandos por vocês. Também lembrei de um vilão em particular de um RPG que fiz de Naruto (anime/mangá famoso da atualidade com um ninja que veste laranja e é loiro dos olhos azuis, daí vc tira a qualidade XD) que tinha como modus operandi o do “sacana”, “safado”, “cretino”, “vigarista”… sei lá como chamaram. De fato ele foi um dos vilões mais odiados dos meus RPG’s atuais, é um dos mais lembrados e o que deu mais gosto aos jogadores quando eles o mataram, e isso porque ele era um vilão “menor” da história (sendo promovido a safado-mor pelos próprios jogadores). Foi bem divertida a experiência de criar um cara como ele… XD

    Continuem com o ótimo trabalho e aguardando os PDFs.
    Até and Bye…

  17. Muito bom, da otimas ideias para mestrar. Tenho dois comentarios:1)A Igreja em jogos da Idade das Trevas é um perfeito vilao, principalmente porque a maioria da sociedade, incluindo PJ, nascem cristãos naquela época.2)Se um Senhor das Sombras sacaneia (mas sacaneia MUITO MESMO) um Presa de Prata porque ele se acha melhor em comando, ele é um simples concorrente ou um vilão? Depende dos metodos usados? (Duvida apos assistir o filme Rede de Mentiras) PS: Eu odeio o DiCaprio.

  18. O episódio esta fantástico! Onde baixo o tal PDF com as cartinhas dos vilões? Não estou achando…
    Parabéns pelo cast, mas ficou uma dúvida: Por que tem gente que posta comentários do tipo “Primeiro” ou ainda “Estou baixando e vou escutar daqui a pouco”… seria um novo tipo de vilão?!
    abraços!

  19. @ivan
    Isso é meio que uma tradição de que escuta podcast, basta ver os comentários do Rolando20, ZBCast, Nerdcast, Rapaduracast e vários outros.

  20. @Ian R
    não seria netrunner?

  21. um dos meus melhores vilões foi para uma campanha de lobisomem, em que um ancião permitiu a um posto quatro a dádiva de possuir uma criatura onirica. entretanto muitos ficaram com medo pois esse posto quatro subjugava outros garous em relações homossexuais, então encontraram um uktena para amaldiçoar o ancião no momento da criação do ser onírico. o problema é que na hora um inimigo desse uktena (também feiticeiro) rogou uma maldição nele, então a maldição do uktena teve falha crítica o que significa que o teste do ancião ao criar a criatura onírica foi excepcional! isso trouxe uma dos pesadelos do tal posto quatro ao mundo como uma criatura real e independente, não mais onirica. esse era o Shad (shadow, referência a psicologia analítica).

    no inicio ele era apenas uma entidade poderosa e curiosa com o mundo, até que ele se encontrou. resolveu derreter as calotas polares com bombas de hidrogênio e criar uma colonia espacial na lua para cobrar impostos altissimos para quem fosse morar lá.

    o laço que ele tinha com os personagens basicamente se referia ao relacionamento que esses tinham com o tal posto quatro, pois notou-se ao ver o Shad, sua sombra, que ele embora um pouco opressor não era um vilão como se pensava, mas o shad em contrapartida era. e o shad quando foi criado acompanhou os heróis durante seus primeiros dias de vida.

    ele só usava recursos a altura dos heróis, nunca mais do que isso. ele era extremamente político e se aliava com outros mini-boss durante a crônica. memorável.

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: