Navigation Menu+

The Council of Wyrms

Posted on Jul 31, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Depois das sessões de jogo real interpretando dragões num cenário especial do AD&D, nesta sessão conversamos tanto sobre o cenário Council of Wyrms (CoW) quanto sobre a possibilidade de se interpretar dragões em outros cenários e outros sistemas.

Plugue: Bom é Jogar RPG.

SHOWNOTES:

[00:00] Introdução.
[02:01] Nossas impressões a respeito de CoW.
[10:28] História da publicação do cenário.
[18:20] Aventuras com dragões, independente do cenário.
[24:30] Interpretando os seres mortais mais poderosos da fantasia.
[37:01] Adaptando CoW para outros cenários/sistemas.
[42:58] Leia, ouça, veja.
[48:57] Vozes de Fundo: apostas para cenário de D&D em 2010.

LINKS CITADOS:

RPG no Paço
BEJRPG

LEIA, OUÇA, VEJA:

Filmes:
• Coração de Dragão (“Dragonheart”, 1996. Dir. Rob Cohen)
• Coração de Dragão: Um Novo Começo (“Dragonheart: A New Beginning”, 2000. Dir. Doug Lefler)

Livros:
• Eragon (Christopher Paolini, 2003)
• Série “Dragonriders of Pern” (Anne McCaffrey)
• Romances de Dragonlance

Gibis:
• Warcraft: The Sunwell Trilogy (Richard Knaak e Kim Jae-hwan)

Música
• Ride the Dragon (Manowar, “The Triumph of Steel”)

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE:
• Website MarcosKleine.com.br
• Blog Vamos Detonar!

Depois de ouvir, participe da discussão em nossa área nos fóruns TPK Brasil.

13 Comments

  1. Canelada, é sessão 29 e não 30!

    Eu ainda fico entre Darksun e Dragonlance 😀

  2. Agora na hora do almoço ouvi de novo o Vozes de Fundo, a discussão sobre She-ra é hilária 😀

  3. kkkk, eu quero ver he-man adaptado pra quarta edição!

  4. O cenário é mesmo muito interessante! Eu gostaria muito de jogar nele, porem algumas dicas, como a questão de perceber que você não é humano é outra coisa pode ser aplicada a muitos outrs monstros jogaveis do livro dos monstros.

    E o vozes de fundo muito bom! Agora cenário? Não sei…

    Mas sou do time do Neto, mesmo não tendo jogado muita 4ed para mim é mais um sistema. Não conheço o Saga… mas sou mais Mutantes e Malfeitores(ta um sistema que dá para jogar certinho o The Council of Wyrms! Afinal o que ja saiu de mostro bizarro em HQ’s e seres super poderosos, um dragão não deve ser complicado de fazer).

  5. Enchendo o saco do meu grupo para eles jogarem com dragões, espero ter sucesso até o fim do ano, gostei muito do cenário!

  6. Saudações,

    Outro ótimo episodio do Vozes com um cenário realmente vanguardista. Sobre a aposta do vozes de fundo, pelo que andei lendo em listas as apostas maiores continuam sendo para Dragonlance (pelo aniversario) e Dark Sun (este inclusive algumas pessoas das listas gringas mencionam uns trabalhos de estudo recentes de um dos desenhistas da wizards sobre raças e classes para esta ambientação como sinal forte).

    Não sei a quantas andaria a situação de um licenciamento de um Conan (creio que a Mongoose tenha os direitos ainda não?), mas a possibilidade de um cenario low magic é possivel tambem.

  7. Acho difícil ser Dragonlance..

    Vai ser algo mais dark, certamente, pela própria constituição do PHB 3. Fora os psions, que sinalizam mais ainda para Darksun.

  8. Eu ouvi todos os podcasts sobre Council of Wyrms e sofri um episodio classico de…. Nostalgia!

    Eu anos atrás joguei 2 sessões de Council of Wyrms. Meu personagem era um dragão negro necromante que queria um dia se tornar um Dracolich. Foi muito legal fazer dragões e gigantes zumbis!

    Na época também jogamos DnD 3.0 (ainda não tinha lançado 3.5). Foi muito legal!

    Eu andei dando uma lida sobre o assunto no livro do monstro e mestre da 4e. Umas regras rápidas que pensei seriam:

    +Pegar as estatísticas dos dragões do livro dos monstros
    +Dividir o HP por 4 até o 10* nível e por 5 do 11* nível em diante.
    +Adicionar classes usando as regras de NPC do livro do mestre.
    +Seguir as regras de itens mágicos do livro do mestre para NPCs.
    +Personagens só tem 1 AP e seguem as regras normais de Recuperar o Fôlego, Pulsos de cura e sem bônus em teste de resistencia.
    +Os personagens podem mudar até 10 pontos de atributo por Estágio(ou seja, tirar de força para destreza). Porém não podem tirar ou aumentar um atributo em mais de 50% do original.
    +Diminua em 2 as três maiores defesas do monstro.
    +Lembrar de adaptar todos os valores com os novos atributos.

    Acho que algum dia vou escrever um suplemento depois de alguns playtest e pequenas mudanças, além de novos talentos, pericias, etc.

    Vindo direto de Hellcife,
    Ed, o Empresário Dragão

  9. primeira vez que acesso o blog, mesmo não sabendo praticamente nada de Rpg gostei muito do podcast.

  10. Eu aposto em um cenario novo, fugindo das bases antigas… se é possivel?

  11. depois do 11 de setembro, Al Kazim não sai nem a pau

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: