Navigation Menu+

Que rolem os dados

Posted on Sep 27, 2009 in Vozes da Terceira Terra

cthulhudice

cthulhudiceEsta semana Neto, Rodolfo e Taz (sans Marcelo) discutem sobre um dos grandes elementos na maioria dos RPGs, dados!

Plugue: NitroCast.

SHOWNOTES:
[00:00] Recados.
[05:24] Apresentação do tema.
[09:16] Probabilidades.
[12:36] Tomada de decisões e parcialidade.
[18:35] Metajogo / Escondendo a trama.
[25:54] Para que usar os dados?
[30:09] Rolar ou interpretar?
[38:46] Bom senso.
[45:23] Jogo sem dados.
[48:44] Conclusão.
[52:01] Vozes de Fundo.

LINKS CITADOS:
• Podcast Ora, Robin!
Mod para o jogo “Batman: Arkham Asylum”
Trailer do filme “Up – Altas Aventuras”
A caixa de dados do Netão.
Batman de uniformes coloridos (edição de 1957)

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE. Para conhecer mais o artista, acesse MarcosKleine.com.br

Depos de ouvir, diga o que achou desta sessão em nossa área nos fóruns TPK Brasil.

Listen to Stitcher

10 Comments

  1. Opa, carregou cedo desta vez!

  2. Foi uma boa surpresa encontrar esse episódio tão cedo, hehehe, deu pra ouvir indo pro trabalho, ou seja, obrigado por me fazerem começar a semana com pé direito.

    Bem, eu adoro ficar mexendo nos dados, sou daqueles que fica jogando dados o tempo todo, mesmo em cenas de simples interpretação, adoro ouvir o barulhinho dos dados batendo contra a mesa (ok, eu sou doido, mas todo mundo que ouve Vozes também é).

    Me identifiquei muito com as histórias felinas do Rodolfo, hehehe, minha gata também exige seu momento de carinho e ai de quem se atrever a recusar, hehehe, além da gata temos dois cachorros, um poddle endemoniado e um vira-lata estressado, os dois morrem de medo da gata, hehehe.

  3. Episódio interessante, mas comento sobre ele no fórum.

    O que eu queria chamar a atenção é que eu quase não ouvi o podcast no caminho pro trabalho porque não consegui acha-lo no meu celular!

    Eu explico: nas propriedades do arquivo, no campo “título do cd” está apenas “http”, ou invés de “http://vozes.terceiraterra.net”, como geralmente é.

    Acontece que meu celular reconhece essas informações e agrupa os áudios por Álbum, Artista, etc. E como meu aparelho é cheio de arquivos de áudio, quase não consegui achar. Só encontrei porque estava certo que tinha jogado o arquivo para o aparelho e fui buscando arquivo por aquivo.

    Bom, eu sei que foi algo bem de situação e específico do meu aparelho. Mas em todo caso, acho importante manter a consistência da forma de organizar a informação. Fica o recado. Abraços!

    • DM Rafael, como foi eu que editei o podcast desta vez, eu realmente não me atentei as tags que o Marcelo costuma colocar nos arquivos. Foi deslize meu.

      Assim que descobrir que informações eu devo colocar lá, eu atualizo o arquivo.

  4. Adorei a sessão!!!

    Antes que eu esqueça e inspirado no cão…

    FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!FOTO!!!DADOS, DADOSDADOS, DADOSDADOS, DADOSDADOS, DADOSDADOS, DADOSDADOS, DADOSDADOS, DADOS.

    Claro o cão é muito melhor nisso.

    Taz adorei ouvir mais vocês… o resto nos foruns!

  5. Tipo, Eu pensei que vcs iam enveredar por uma discussão que teve lá nos fóruns, sobre o jogador usar o dado para poder ter acesso à uma habilidade qeu seu personagem tem. Exemplo: Se ele tem inteligência 20, não posso impedí-lo de querer usar isso para resolver o enigma, ao invés do próprio jogador resolvê-lo (no melhor estilo Escola Véia).

    Eu uso Escudo. Eu jogo os dados. Eu minto (às vezes) sobre os resultados. Mas quando eu consigo um resultado muito bom ou muito ruim (pode ser no dano, ataque, etc.) e quero mantê-lo, faço questão de levantar o escudo e mostrar os dados. Com o tempo, isso passa uma sensação de confiança no Mestre (mesmo que seus jogadores sejam tarimbados, ao ver o resultado dos dados, esquecem de ficar desconfiando do mestre, hehe…)

    E lembrem-se:

    “Deus não joga dados com o universo”,
    Albert Einstein

  6. Pessoal escutei metade do episódio vindo para o trabalho, e até o momento está muito bom.

    Sobre a questão do mestre “roubar” (ou fudge no ingles) as rolagens para beneficiar um PC não deixando ele morrer num momento de falha ao pular um precipício, aprendi uma técnica com o rpg Mouse Guard. Nem sempre a falha em MG significa uma falha direta, ela pode promover uma condição ao personagem (furioso, cansado, etc) que influenciará outras roladas futuras, ou promover um twist na trama. No caso de pular o precipio, você poderia deixar a rolar em aberto, e fazer com o personagem se agarrasse na beirada do outro lado, só que como o pulo foi estabanado e complicado ele poderia perder um item magico ou parte do equipamento.

  7. … e não vamos esquecer de dar parabéns aos noivos/casados Luciana e Marcelo

  8. Bem, não lembro quem comentou, mas é possivel jogar D&D sem dados! xD
    eu msm ja joguei uma vez, eu estava mestrando[sempre sobra pra mim]
    eu estava numa festa[mto chata], no qual eu e meus dois primos estavamos sem nada para fazer, dai q surgiu a ideia. Acho que q a base para tal, foi a confiança dos meus primos em mim e eh isso =D
    Que rolem os dados!

  9. Oi povo.

    Bom, sobre meu recado que vcs não captaram sobre viagem temporal, vou começar me desculpando. Na faculdade o povo costuva falar:

    “NINGUEM ENTENDEM O QUE O WALLY FALA”

    ou seja, tenho o péssimo costume de não ser claro, muitas vezes.

    O Episódio que me referia, era sobre “RETCON”. Falei que não gostei do modo que foi apresentado pq ficou massante. “A nível de” informações, foi ótimo.

    Ah, e a respeito do Orarobin, é um blog que abri com uns amigos, pra fazer podcast. Tem o episódio um lá agora (quando vcs leram, não tinham upado), mas eu aviso. É totalmente sem censura e estamos começando, ou seja, vai ser toscão.

    Abraço povo!

Qual sua opinião? Comente!

RSS FeedAssine o RSS do Vozes da Terceira Terra e não perca nenhum episódio

 

Somos orgulhosos de sermos afiliados a:


Free Delivery on all Books at the Book Depository



Qualquer compra nessas lojas nos garante 5% de comissão e nos mantém no ar.
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: