Navigation Menu+

Tolkien e o RPG

Posted on Nov 30, 2009 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: 89ravenclaw


Marcelo e sua nova equipe (Ivar, Artur e Fran) discutem essa indelével influência no D&D e, por conseguinte, no RPG como um todo: J.R.R. Tolkien e sua volumosíssima obra literária. Uma sessão muito maior que o usual (do tamanho das sessões dos velhos tempos) para abarcar uma discussão tão grande. E com direito a «Lobisomens na Frota Estelar» ao final.

Plugue: Estilingue.

Nossa trilha sonora é cortesia de MARCOS KLEINE. Para conhecer mais o artista, acesse MarcosKleine.com.br

Depois de ouvir, diga o que achou desta sessão em nossa área nos fóruns TPK Brasil.

28 Comments

  1. Opa, esse cast parece que vai ser bom. Vou baixar e depois comento.

  2. Que pena o Rodolfo, Neto e o Taz tererm saido, vão fazer muita falta mesmo. Acho que não sou nada Sagaz, pois não percebi que eles estavam saindo… Espero que haja episódios com eles futuramente, quem sabe como participações especiais?

    Sobre Tolkien: lá pelo minuto 45, o Marcelo diz que Tom Bombadio (é assim que escreve?) não faz parte da Terra Média. Posso estar enganado pois faz tempo que li a Sociedade do Anel, mas acredito que Frodo, Sam e os outros Hobbits encontram com ele, e até passam um tempo em sua casa.

    Você já viram no youtube o video do Balconista 2? Que eles escracham o filme do Sr. dos Anéis? muito engraçado!

    Um abração! Bem vindo á nova equipe!

  3. tolkien, meu pior inimigo, nos encontramos novamente.

  4. Bom.
    Uma pena o Neto e o Rodolfo terem saido. Realmenet ja tinha me acostumado aos dois.
    Masss…
    Ainda bem que a mudança foi bem aceita e de forma amigavel, vida longa e prospera para o vozes.
    Boa sorte para os novos integrantes.
    OBS: Devo te mandar algo ate o final de semana (eu espero) aguarde e confie.
    🙂

  5. Parabéns pelo episódio! Realmente bem interessante: uma conversa descontraída sobre um assunto legal e com boas informações.

    Sorte e abs ao quarteto.

    Ps: Eu também quero ouvir mais a voz da Fran… rss

  6. Eu adoro Tolkien como leitura terapeutica.

    Adoro o detalhismo, o que geralmente enche o saco de algumas pessoas, e curto isso lendo homeopaticamente, pra absorver tudo.

    Vai ver pq eu tenho dificuldade punk de detalhar coisas fluidamente na hora de narrar.

    Ps: Pena que eles saíram, boa sorte pro povo novo e chamem os antigos participantes pra participar uma vz por mes pra matar a seca.

  7. Gostei, um de vocês que não sei ainda quem é tem voz de redialista.

    Fran fale mais!

    Sorte a todos, nos e vocês!

    só um reclamação, vocês falaram que iriam discutir sistemaS para jogar SdA e no final não discutiram quase nada…

  8. Fala Pessoal do Vozes, tudo beleza?

    É uma grande pena a saída do Rodolfo, do Taz e do Netão. Eles foram essenciais para que o Vozes chegasse onde está hoje como blog e Podcast. Eles sempre nos apresentavam idéias bacanas junto com o Marcelo, além é claro das inúmeras experiências que tiveram com nosso amado jogo. Bom, por outro lado que ótima surpresa, agora o Vozes com um novo time, e já de cara abordando um tema muito legal e impressionante que é a obra de mestre Tolkien.

    Aproveitando o tema do Cast, faço algumas perguntas para todo o pessoal do Vozes. Vocês gostaram da forma que a obra literária sofreu adaptações para se adequar ao formato dos filmes? Acham que algo muito importante ficou de fora?

    E no caso do papel das mulheres, por exemplo. Nos livros elas vagamente mencionadas, e os raros papéis que desempenham são pouco explorados, como no caso de Arven (que até aparece bastante comparada as outras personagens), presente no conselho de Elrond, e depois só irá aparecer mesmo no fim de “O Retorno do Rei”. Outro caso é da Ewoyn, o que vocês acham de como a presença das mulheres é pouca atuante na obra de Tolkien?

    E as músicas, é sabido que Tolkien apreciava a música, e muitos personagens gostam de cantar músicas e cantigas. Vocês acham que a redução das músicas nos filmes ajudou o desenrolar da história, mesmo quando elas começam a ser exaustívas, o que vocês acham?

    E finalizando. Usando o caso em que a Fran comenta como encontrou o Hobbit na biblioteca como exemplo, queria dizer como é mesmo mágico o momento que encontramos sem queres livros bacanas, geralmente perdidos e esquecidos nas bibliotecas de escolas e bibliotecas públicas não é? Vocês tem mais casos assim de terem encontrados grandes autores ou obras dessa maneira?

    Abraços a todos, sejam bem vinda a nova equipe e vida longa ao Vozes!

  9. Estou com o ligeiro medo de que os novos participantes tambem vão desistir do podcast.

    Mas nesse episódio falaram de algo importante: vozes da terceira terra é maior do que seus componentes.

  10. Não consigo me conter…

    BALROGS NÂO TÊM ASAS!!!!

    … ok, passou.

    A questão da magia no Senhor dos Anéis é um pouco complicada (o próprio Tolkien tentou explicar, diferenciando goétia e magia, mas não ficou claro). Apesar da magia ser no geral sutil, existem coisas nada sutis, como o Rei dos Bruxos quebrando a espada de Frodo quando estavam no Bruinen, ou quando o Gandalf causa um desmoronamento na cabeça do Balrog em Moria.

    Os Istari, os magos, foram chamados assim pelos homens que os encontraram quando chegaram na terra-média. Talvez a própria ignorância dos homens que os fizeram chamá-los de magos.

    E o cara que matou o Smaug se chamava Bard de Esgaroth (sim Bard é o nome, não a classe dele 🙂 )

    Adorei o podcast, pode ter continuação!

  11. Já ouço faz tempo o Vozes (e só agora tomei vergonha na cara pra comentar aqui…:)…) e curto pra caramba o modo como vocês conduzem cada episódio e os temas que abordam. Ainda vou baixar o episódio pra ouvir depois. Só uma resalva: melhore o sistema de feeds do site. Muitas vezes o episódio é lançado num dia e só aparece nos feeds um ou até dois dias depois! Por hoje é só! Pena que boa parte do time antigo teve que sair… Já tinha me acostumado. Espero que o pessoal que entrou agora dê novo fôlego ao podcast que nós tanto apreciamos! Abraços.

  12. Completando os exemplos do ggab, lembro de uma passagem na Sociedade do Anel. A comitiva está atravessando as montanhas geladas, e nesse momento Saruman está em cima de sua torre em Ortranc proferindo palavras poderosas contra os heróis, gerando nuvens carregadas, e o resultado disso é um relâmpago que faz uma avalanche soterrar a comitiva do anel. Mesmo parecendo uma magia, efeito foi mais coincidente do que direto, pois o relâmpago provoca o desmoronamento ao invés de atingir diretamente os heróis.

  13. @rodrigo Marini Temos uma sessão sobre os filmes em que discutimos quase todas as suas dúvidas, Rodrigo. De fato, essa sessão teve uns problemas técnicos e precisará ser regravada, e suas dúvidas serão encaixadas à pauta. E quem mais tiver sugestões sobre o que deveríamos tratar na sessão “Peter Jackson e o RPG”, por favor nos escreva! Nosso e-mail é vozes@terceiraterra.net

    @Nikola Tesla Sinto decepcioná-lo, mas o ânimo da nova equipe garante ao menos mais dois anos de VTT. De fato, estamos produzindo como nunca: já temos das sessões gravadas e vamos gravar mais uma em dois dias.

    @Ozora Cara, não sei que problema é esse. Eu mesmo assino o VTT pelo iTunes e a sessão começa a baixar no instante em que clico “publish”. Ainda, eu espero uns cinco minutos antes de cair fora na madrugada, e sempre dou uma olhada nas estatísticas antes disso. 5 min. depois, já há uns quinze downloads, quase todos via feed, e um ou outro de ouvir no site.

  14. Bem lá vai uma lista dos livro que o bom velhinho escreveu.

    A História da Terra-média, (The History of Middle-earth, sem tradução no Brasil), é uma série de doze volumes, publicado de 1983 a 1996.

    1. The Book of Lost Tales 1 (1983) – O Livro dos Contos Perdidos 1
    2. The Book of Lost Tales 2 (1984) – O Livro dos Contos Perdidos 2
    3. The Lays of Beleriand (1985) – As Baladas de Beleriand
    4. The Shaping of Middle-earth (1986) – A Formação da Terra-média
    5. The Lost Road and Other Writings (1987) – A Estrada Perdida e outros Escritos
    6. The Return of the Shadow (The History of The Lord of the Rings v.1) (1988) – O Retorno da Sombra
    7. The Treason of Isengard (The History of The Lord of the Rings v.2) (1989) – A Traição de Isengard
    8. The War of the Ring (The History of The Lord of the Rings v.3) (1990) – A Guerra do Anel
    9. Sauron Defeated (includes The History of The Lord of the Rings v.4) (1992) – Sauron Derrotado
    10. Morgoth’s Ring (The Later Silmarillion v.1) (1993) – O Anel de Morgoth
    11. The War of the Jewels (The Later Silmarillion v.2) (1994) – A Guerra das Jóias
    12. The Peoples of Middle-earth (1996) – Os Povos da Terra-média

  15. Está chegando um novo tempo! Chegou! Passou!

  16. Mudanças podem ser boas, acredito com certeza que a nova equipe vai dar conta do recado, ótimo tema de abertura, melhor ainda vai ser o prócimo esclusivo dos filmes…
    A única coisa que eu não consigo “digerir” e esse “Lobisomens na Frota Estelar” putz di boa…sei que a iniciativa do cara e louvavel, mas acho que ele deveria sei lá, fazer o proprio cast dele, assim quem gosta ouve direto na fonte…do resto parabens a nova equipe…

  17. Triste, muito triste mesmo…

    Boa sorte aos novos intergrantes do VTT… eu não tenho condições psicológicas de ouvir ainda… quem sabe daqui a um mês…?

    É uma pena abrir o blog na segunda e não ouvir mais as vozes de Rodolfo, Neto e Taz.. Três de uma vez! estou chocado…

    Bom, é isso. Triste, muito triste mesmo…

  18. @Rodrigo “BIG” Campos
    rodrigo, vc é emo?

    a antiga equipe era legal, eu curtia bastante as coisas do neto e do rodolfo especialmente mas a nova tb tah muito bem… acho q o pessoal ja devia estar cançado msmo, tmos que sinceramente desejar boa sorte aos antigos e dar boas vindas para os novos, pq mesmo com essa mudança, acho que o vozes teve um aumento de qualidade, flow

  19. Pra quem quer ver uma foto da equipe nova (Ha ha ha – eu tô na equipe novaaaaa!), é só acessar a página da Gladius Swordplay: http://www.swordplay.com.br

    Falamos da Gladius bem no começo do Podcast (as novas vozes que invadiram a Terceira Terra). Em especial, dá pra vocês verem quem é a Fran, já que, ao que parece, logo estarão montando um “Fran-clube” para ela 🙂

  20. Zeroberto :@Rodrigo “BIG” Campos rodrigo, vc é emo?

    Não sou. E realmente desejo boa sorte às novas vozes. Espero que todos os que venham sempre somem ao podcast. confio no Marcelo, ele não deixaria a qualidade cair! O pessoal que ele escolheu é bom MESMO, ou não estaria no podcast!

  21. Bem a saida do Rodolfo, Netão e Taz tb me pegou de surpresa. Eu comecei acompanhar o vozes bem no começo, sessão 6 sobre histórias de terror ainda quando eu estava em Wales, e tb fico meio triste com a saida deles. Mas assim é a vida. Boa sorte para vcs caras e muito obrigado por horas de diversão. Valeu msm.

    Quanto a nova equipe. Sejam bem vindos. Vou fazer coro e dizer que gostei das vozes e do “jeitão” dos novos participantes.

    Uma coisa que eu gostaria de ver sobre este tema é como conduzir aventuras neste cenário sem esbarrar na história oficial e sem ,por outro lado, não evitar tudo que faz da terra média a terra média.

    Bem é isso

  22. Beleza Galera, estou super feliz com a receptividade de quem curte o Vozes da 3ª Terra, nós da nova equipe estamos preparando várias surpresas e novidades, espero que agrade a todos. Sei que a responsa é grande, e faremos o melhor possível!
    Abraços a todos!!!

  23. Novo cast, novos desafios…

    Sucesso aos antigos membros nas suas empreitadas e saudações ao “sangue novo” que estréia.

    Minha sugestão para episódios vindouros é de vocês apresentarem episódios sobre outras obras influentes em diversos gêneros de jogos de rpg.

  24. Olá. Primeira vez escrevendo aqui… e vejam só, sequer escuto o podcast! Simplesmente sou ansioso demais para conseguir ouvir e prestar a tenção por muito tempo, rss. Mesmo assim, já participei de alguns episódios, especialmente no início, e já ouvi outros tantos (não inteiros, assumo). De qualquer forma, sempre venho aqui saber quais os temas abordados e quais as reações dos ouvintes. E dessa vez senti necessidade de colaborar na discussão:
    Creio que o cast antigo consistia de amigos de longa data e ampla convivência, que jogavam juntos, isso dava uma cara familiar e desenvolta para os episódios. E isso é bom, mas não é melhor nem pior, só diferente. Não sei se a intenção de todos era seguir com o podcast ad eternum, então, o fluxo natural seguiu seu curso. Agora, temos novas relações, novas personalidades, novas opiniões e novas experiências. Eo que posso dizer a favor é que, pelo menos o Artur eu conheço. Estudamos juntos (e até cantamos juntos, rsss). Tentamos organizar um evento d e RPG na faculdade, um bom tempo atrás, que não me lembro se deu certo, rsss. E, acreditem, o cara é apaixonado por RPG, sabe bastante coisa de RPG e tem um amplo conhecimento cultural, também, além de ser desenvolto. Aposto que a nova equipe terá o sucesso igual a equipe anterior. Confiem no Marcelo, confiem no Artur; eu confio. Lembrem-se, não é melhor nem pior, é diferente.

  25. Muito obrigado pelos comentários, gente. É bom ver que o novo VTT está bem recebido (o que é natural, porque — modéstia à parte — eu escolhi a dedo a nova equipe) A nova fase do podcast até trouxe de volta gente que estava há muito quieta, como o @Lauriston e o @Eli!

    @Brenno sua dica é muito boa! Anotada.

  26. Curto bastante os episódios de vocês e fiquei feliz pelo assunto.

    Digo isso por que quando eu comprei o livro (Aquele que vem os três do Senhor dos Anéis.) eu acabei desanimando de ler (Muito por causa dos spoilers dos filmes =P) e ao ouvir este episódio tive vontade de recomeçar a ler.

    Sou um fã e ja ouvi cerca de 80% do trabalho de vocês. Vou sentir falta da antiga equipe e dou as boas vindas para a nova. Parece uma boa equipe avaliando assim pelo curriculum e um episódio.

    E dou força e crédito ao novo elemento feminino incorporado ao staff. A maioria dos podcasts americanos conta com uma mulher e ela não só tem comentários relevantes como quebra o tom grave dos episódios. Com o tempo ela se solta mais!

    Abraços!

  27. Creio ter demorado para chegar aqui não é mesmo? Mas não se preocupem o Goblin logo logo vai dominar o mundo e vocês também serão lembrados, eu demorei porque ouvi muito sobre a chegada dos novos “integrantes” e como não acompanhava o Vozes resolvi baixar todos os casts para uma comparação.

    Realmente os que saíram vão fazer falta e blá, blá, blá… Mas o que interessa é o futuro, bola para frente e agora os novos estão ai para fazer bonito. A Fran eu gostaria de dizer que “vergonha” ou “medo” de falar pode ser um problema, então solta essa voz, fala o que der na telha, a hora que der na telha, mesmo que saia um monte de merda é com isso que nos divertimos a parte certinha simplesmente se torna um complemento.

    Ao Cast realmente de parabéns, ficou muito bom o Ivar veio somar muito ao podcast, vejo muito potencial na Fran e no Artur, um potencial que ainda esta adormecido e espero ver acordar no próximo cast ou então vai ter uma ataque Goblin nas residências de vossas senhorias.

    Ultimo ponto, Tom Bombardill faz sim parte da Terra Media, quem leu as aventuras dele percebe claramente isso, existe até mesmo uma passagem que ele cita a Floresta das Trevas e também Lothlorien (Não me lembro se escreve assim), sem falar que Frodo e companhia se encontraram com ele e ficaram dias na sua casa depois de fugirem dos Cavaleiros Negros.

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: