Navigation Menu+

Shadowrun 4 e 5

Posted on Jul 24, 2013 in Vozes da Terceira Terra

A MegaCorp Terceira Terra contrata os runners Marcelo (Urban Samurai, Troll) e Márcio “Painting With Fire” Fiorito (Mystic Adept, Human) para roubar os segredos das 4.ª e 5.ª edições de Shadowrun.

[01:50] Introdução.
[06:56] O novo projeto da Clock Tower.
[12:31] Novo show na Terceira Terra.
[16:14] Drogas.
[18:00] Mudanças de cenário na 4.ª edição.
[27:18] Regras mais modernas.
[31:48] O Ano de Shadowrun (5e).
[39:29] Shadowrun: Crossfire, The Adventure Deckbuilding Game.
[41:36] Shadowrun, Fifth Edition RPG.
[43:32] Shadowrun: Sprawl Gangers.
[49:57] Shadowrun: Hostile Takeover.
[52:33] Shadowrun Returns.
[57:26] Shadowrun On-Line.
[59:49] Encerramento.
[01:08:03] E-mails.
[01:27:42] Encerramento 2.
[01:33:06] Vozes de Fundo: furries não, scalies.

Links citados:

Se for comprar alguns dos produtos citados neste show, considere usar os links abaixo. Ganhamos comissão pelas vendas:

O envio mais rápido e rastreado é na

com os melhores preços na

com frete grátis no
Buy This Book from Book Depository, Free Delivery World Wide

 

Vozes da Terceira Terra #184, gravado em 22/07/2013.

6 Comments

  1. Não tem como disponibilizar em mp3?
    O cenário é bastante interessante. Gosto muito de Ciberpunk li Neuromancer e Blade Runner, mas os caras que jogo só querem jogar medieval…
    Se eu fosse jogar muito provavelmente usaria Savage Worlds pela descrição não me interessei pelo sistema.

    • Os primeiros episódios a partir de quando passei a publicar em m4a também tinham versão em mp3, mas corresponderam a menos de 1% dos downloads, muito pouco para o trabalho que dava fazer e hospedar e linkar dois áudios.

      Sobre Shadowrun com Savage Worlds, basta digitar “Savage Shadowrun” no Google e partir pro abraço. De fato, esta é uma dica para quem é fã de Savage Worlds: alguém, algum dia, já fez uma versão “Savage Qualquercoisa” do que quer que você queira usar. Às vezes, como no caso de Star Wars e Mass Effect, mais de uma versão.

  2. Marcelo, Diablo e semelhantes são jogos de vista isométrica.
    Em desenho técnico, temos as vistas (frontal, laterais e topo) e as isométricas (cavalera e isométrico em 30°, 45° e 60°).

    • Eu não falei “isométrico”? Poderia jurar que falei. Bom, obrigado pela correção.

  3. Olá vozes,
    Eu Thiago, de Belzonte, graduando em Ciencias biologicas,e desempregado.

    Embora nunca tivesse jogado shadowrun, ou qualquer rpg de cenário cyberpunk antes, tenho muito interesse por SR e rpgs de cenários cyberpunks em geral. Tanto que se não fosse pela minha atual condição profisional, já tinha entrado num dos links do site e comprado a edição de aniversario de SR.

    Falando de sistemas, os cenários totalmente cyberpunks tende a me atrair mais, mas ouço falar que o sistema de Shadowrun é melhor que o de cyberpunk 2020 e gurps, então pergunto, se eu quiser jogar num cenário cyberpunk mesmo, sem magia, é fácil eu portar o universo shadowrun, pra um cyberpunk strictum sensu, ou seja, sem magia e criaturas místicas?

    Por fim, sei que isto foge um pouco, mas eu nunca comprei na Amazon antes, nem em outros sites gringos, e portanto, fico meio receoso, e imagino que outros fiquem também, então, seria possível vocês gravarem um programa bê-a-ba pra compras on-line, tipo tendo até aquelas questoes ásicas, como ‘preciso de cartao de credito internacional’, imagino que talvez algumas pessoas que frequentem o site começem a ficar mais seguros pra comprar na Amazon e na book deposite.

    • Eu joguei Shadowrun por muito tempo ignorando completamente a parte fantástica. É realmente fácil, basta combinar com seus jogadores que arquétipos que usam magia não estão disponíveis e só se pode construir humanos. Simples assim. O jogo não irá ser afetado por isso.

      Sobre comprar de sites gringos, eu não sei se já gravei um show sobre isso, mas definitivamente já toquei nesse assunto durante episódios ou mesmo em Vozes de Fundo inteiros. Independente disso, prometo tocar no assunto no próximo Vozes (bom, talvez não no próximo /próximo/, pois já está gravado. Mas num episódio ainda este ano).

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: