Navigation Menu+

The Lost Fleet

Posted on May 25, 2013 in Vozes da Terceira Terra

Ilustração: David Demaret (topo) e Michael Komarck (janela)


Marcelo e Douglas discutem e recomendam a série de ficção científica militar e espacial «The Lost Fleet», que teve seis livros lançados entre 2006 e 2010, escritos por Jack Campbell.

[02:29] O autor.
[07:10] O enredo.
[10:14] Qualidade de escrita / “Black Jack”.
[18:12] A longa marcha para casa / religião espacial.
[25:39] Ciência e tecnolgia.
[33:02] Pontos fortes e fracos da série.
[55:04] Porque recomendamos esta série.
[60:57] Encerramento.

Links:
Capas bregas de The Lost Fleet
The Lost Fleet na Audible.com

Se for comprar alguns dos produtos citados neste show, considere usar os links abaixo. Ganhamos comissão pelas vendas:

O envio mais rápido e rastreado é na

com frete grátis no
Buy This Book from Book Depository, Free Delivery World Wide

com frete grátis no
Buy This Book from Book Depository, Free Delivery World Wide

 

Vozes da Terceira Terra #180, gravado em 30/04/2013.

21 Comments

  1. Vocês não acreditariam o quão conveniente foi este episódio foi para mim.

  2. “Eu realmente preciso ler algo de ficção científica. Eu lembro de ter ouvido sobre uma série de livros interessante na Terceira Terra, mas eu definitivamente não vou lembrar o nome”.
    -Uma semana atrás.

    “..Aqueles magnificentes filhos da mãe”
    -Ao abrir o site esta manhã.

  3. Opa pessoal, conheci o podcast por acaso ontem. Este foi o primeiro episódio que ouvi, muito bom, parabéns!

    Eu já tinha ouvido essa série de livros no Audible, mas foi legal saber a opinião de outras pessoas sobre ela. 🙂

    Fica como recomendação uma outra série similar que estou ouvindo: http://www.audible.com/pd/ref=sa_1_s?asin=B007MQGOVO

    E esta, para ler no Kindle: http://amzn.com/B0071XO8RA

    • Caramba, Lucas. Valeu pela sugestão de Odyssey One! Entrei na Audible, que me ofereceu o ebook por $4.99 e, se eu o comprasse, o audiobook saia por $1.99! Vai ser minha próxima leitura depois de Beyond the Frontier 3.

      • Legal, Marcelo! Depois quero saber das impressões! 😀

      • No meu caso que leio no kindle o livro sai 2.99 e o audiobook 1.99

        E só o audio 9.79

        Tem como não amar o audible e a amazon nessas horas?

  4. Excelente episódio, apesar de eu ter menos contato com material de ficção científica eu gosto bastante do tema, sobretudo a hard e com temática militar. Queria só fazer dois pequeno adendos, realmente é difícil de calcular o que seria uma guerra de atrito que durasse mais de 100 anos, o exemplo da guerra dos 100 anos medieval, pode sim ser fortuito, pois apesar dela não ter sido constantemente uma guerra de atrito podemos pegar alguns dados do que aconteceu durante ela e extrapolar para uma guerra futurista, por exemplo, a guerra arrasou a economia da França e da Inglaterra (sobretudo na segunda metade) e praticamente exterminou a nobreza francesa, além de ter enfraquecido muito a nobreza inglesa. O outro detalhe que eu queria comentar é que pelo que vocês comentaram eu não diria que os combates das naves parece medieval e sim napoleônico, já que foi nesse período que a guerra marítima tomou características muito próximas das narradas, os barcos formavam uma linha e disparavam diretamente contra um adversário à frente dele, até que um dos dois desistisse ou afundasse (era difícil atacar um barco em movimento já que toda a artilharia estava montada lateralmente nesse período).
    De resto gostei muito da indicação e vou ver se compro o livro físico (não sou um grande fã de audiobooks)

  5. Ah e quanto a os pontos de salto talvez seja uma readaptação do conceito das lentes gravitacionais (um efeito natural da gravidade que distorce a luz) e é uma ideia bem legal….

  6. Muito bom o episódio, galera! O MD já havia comentado de leve em outras gravações sobre o Lost Fleet e o Douglas já havia elogiado bastante mas nunca entrou em detalhes.

    Fiquei realmente com vontade de comprar, especialmente a versão do audible.

  7. Fico feliz com a repercussão tão positiva deste episódio “off topic”. Talvez eu comece um show sobre ficção especulativa após fechar o Vozes.

    • Não seria uma má ideia. O que me atraiu no Lost Fleet é esse aparente carão de física mais séria, tipo o Battlestar Galactica. Raio laser é legal mas tem hora que cansa.

    • boua estamos a disposição kkkkkkk

  8. SPOILERS!!!

    Só pra lembrar – o autor chega a fazer uma piadinha com a questão das capas. Acontece em um dos últimos Lost Fleet (ou será no Beyond the Frontier?), onde a capitã Desjani brinca com o Geary, dizendo que já recebeu recusou de editoras para lançar um livro autobiográfico, falando de sua tórrida vida sexual a bordo da Dauntless. E que provavelmente a capa seria algo sem sentido, “como você empunhando uma arma em uma pose heróica, talvez mesmo de armadura. Definitivamente foi após o casamento, então deve ter sido no Beyond the Frontier…
    Algo que você jamais faria.” A nomeclatura de naves usando valores ao invés de nomes de personalidades é típica da marinha inglesa. E uma única correção que eu faria é que a série que fala sobre o ponto de vista dos Syndics (pós-guerra) é Tarnished Knight, não Beyond the Frontier, que é sobre a exploração do território alienígena.
    E o Douglas leu certo, embora não conhecesse a fonte – Lost Fleet é baseado em Anábase, de Xenofonte, que narra o retorno para casa de uma força de mercenários gregos em guerra contra os persas.

    Ah, e antes que eu esqueça, excelente podcast, mesmo eu já tendo lido a série toda de uma tacada só (obrigado, Kindle e Amazon!).

    • Sem dúvida a citação é do Beyond the frontier e se não me falha a memoria é do Dreadnought, não tinha conhecimento do costume britanico, muito legal Petras vou pesquisar algo sobre isso.

      Eu acho que falei Lost Star não falei não kkkkkk, se falei errado foi mal.

  9. Opa, correção, fui abrir meu Kindle e a série dos Syndics é Lost Stars – Tarnished Knight é o título do primeiro livro…

    Foi maaaal!

  10. A proposta do texto é muito interessante, estou caçando os livros pra começar a ler. Quero ver como o autor desenvolve a narrativa caótica narrada pelo Dior.

    Excelente podcast!

  11. Lá fui eu lá catar os audiobooks da série, cuz I’m a sucker for space opera. E depois de ver Man of Steel, eu tenho que apontar a similaridade entre a armadura dessa ilustração de capa do podcast e a armadura do Zod.

Qual sua opinião? Comente!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d bloggers like this: